Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.bdtd.uerj.br/handle/1/16737
Tipo do documento: Tese
Título: Reatualização conservadora: o conservadorismo contemporâneo no serviço social e a disputa por hegemonia no Brasil na atualidade
Título(s) alternativo(s): Conservative revival: contemporary conservatism in social work and the dispute for hegemony in Brazil presently
Autor: Oliveira, Ana Luiza Avelar de 
Primeiro orientador: Bravo, Maria Ines Souza
Primeiro membro da banca: Behring , Elaine Rossetti
Segundo membro da banca: Matos, Maurílio Castro de
Terceiro membro da banca: Oliveira, Ednéia
Quarto membro da banca: Abramides , Maria Beatriz Costa
Resumo: A presente tese se propõe a realizar uma análise do pensamento conservador contemporâneo, com o objetivo de compreender as expressões do conservadorismo no Serviço Social brasileiro na contemporaneidade. A análise contida neste trabalho tem como referência o debate dentro da tradição marxista, que considera o pensamento conservador como uma expressão da luta de classes representante dos interesses das classes dominantes. Para tanto, do ponto de vista metodológico, optou-se por realizar uma pesquisa documental a partir da análise de três páginas no Facebook que têm como proposta debater o Serviço Social para além do que vem sendo construído pelo chamado “pensamento hegemônico”, quais sejam, “Serviço Social Libertário”, “Serviço Social Conservador” e “Serviço Social e Pluralismo”. Por se compreender a profissão inserida na dinâmica das relações sociais, considerou-se necessário, em um primeiro momento, entender a origem do pensamento conservador, bem como as correntes do pensamento conservador contemporâneo que têm incidência no Brasil. Posteriormente procedeu-se a uma análise tanto de alguns expoentes do pensamento conservador clássico no Brasil, quanto de alguns contemporâneos, considerando-se a formação sócio-histórica do país. É a partir desse contexto que a análise da profissão é pensada buscando-se trazer elementos de sua gênese até a contemporaneidade, mas dando-se centralidade às análises sobre o processo de renovação do Serviço Social brasileiro. Por fim, observou-se por meio da análise das páginas estudadas, que os movimentos conservadores presentes atualmente na profissão possuem alguns traços que lhes garantem unidade, que retomam elementos das vertentes “modernização conservadora” e “reatualização do conservadorismo”, do processo de renovação do Serviço Social brasileiro.
Abstract: This thesis proposes to make an analysis of contemporary conservative thinking, with the objective of understanding the conservatism expressions in Brazilian Social Work in contemporary times. The analysis contained in this work has as a reference the debate within the Marxist tradition, which considers conservative thinking as an expression of the class struggle representing the interests of the dominant classes. To this end, from a methodological point of view, we decided to conduct a documentary research based on the analysis of three Facebook pages that have the purpose of discussing Social Work beyond what has been built by the so-called “hegemonic thinking”, which are “Libertarian Social Work”, “Conservative Social Work” and “Social Work and Pluralism”. By understanding the profession inserted in the dynamics of social relations, we considered necessary, at first, to understand the origin of conservative thought, as well as the currents of contemporary conservative thought that have an impact in Brazil. Subsequently, we made an analysis of some exponents of classical conservative thought in Brazil, as well as of some contemporary authors, considering the socio-historical formation of the country. In this context the analysis of the profession was thought in an attempt to bring elements of its genesis to contemporary times, but giving centrality to the analyses on the renewal process of the Brazilian Social Work. Finally, we observed through the analysis of the pages studied, that the conservative movements currently present in the profession have some features that guarantee them unity, which incorporate elements from the “conservative modernization” and “renewal of conservatism” strands of the renewal process of the Brazilian Social Work.
Palavras-chave: Serviço social – Pesquisa (Brasil)
Conservantismo (Brasil)
Hegemonia (Brasil)
Social service - Research
Conservatism
Hegemony
Área(s) do CNPq: CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::SERVICO SOCIAL::FUNDAMENTOS DO SERVICO SOCIAL
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Sigla da instituição: UERJ
Departamento: Centro de Ciências Sociais::Faculdade de Serviço Social
Programa: Programa de Pós-Graduação em Serviço Social
Citação: OLIVEIRA, Ana Luiza Avelar de. Reatualização conservadora: o conservadorismo contemporâneo no serviço social e a disputa por hegemonia no Brasil na atualidade. 2021. 421 f. Tese ( Doutorado em Serviço Social) - Faculdade de Serviço Social, Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2021 .
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.bdtd.uerj.br/handle/1/16737
Data de defesa: 24-Mai-2021
Aparece nas coleções:Doutorado em Serviço Social

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Tese - Ana Luiza Oliveira - 2021 – Completa.pdf.pdf2,42 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.