Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.bdtd.uerj.br/handle/1/17158
Tipo do documento: Dissertação
Título: Idades U-Pb em zircões detriticos das rochas metamórficas aflorantes na faixa oeste no Maciço de Santander, Andes Colombianos
Título(s) alternativo(s): U-Pb age in detrital zircons from metamorphic rocks outcrops on the west fringe in the Santander Massif, Colombian Andes
Autor: Rey León, Vanessa 
Primeiro orientador: Geraldes, Mauro Cesar
Primeiro coorientador: García Ramírez, Carlos Alberto
Primeiro membro da banca: Heilbron, Monica
Segundo membro da banca: Vinagre, Rodrigo
Terceiro membro da banca: Nummer, Alexis,
Resumo: O embasamento do Maciço de Santander representa um inlier Mesoproterozóico, conformado por rochas mais jovens associadas à evolução da Cordilheira dos Andes. O embasamento é formado pelas unidades Gnaisse Bucaramanga, Xisto Silgará, Xisto Chicamocha, Ortognaisse, Filito San Pedro e outras unidades metassedimentares de baixo grau metamórfico. Na área de estudo afloram as unidades do embasamento Gnaisse Bucaramanga e Xisto Silgará; a biotita gnaisse é o litotipo principal no Gnaisse Bucaramanga, anfibolitos e quartzitos são observados em menor proporção, enquanto o muscovista xisto é o litotipo principal no Xisto Silgará. As idades U-Pb observadas em grãos de zircão detríticos de dois biotita gnaisses (VRL-18-1; VRL-20-1), um muscovita gnaisse (VRL-21-1) do Gnaisse Bucaramanga, e um muscovita xisto (VRL-21-3) dos Xistos Silgará, produziram os seguintes resultados: (1) idades Mesoproterozóicas em torno de 1000–1200 Ma interpretadas como idades de máxima deposição (2) idades em torno de 861–1051 Ma associadas provavelmente ao primeiro evento de metamorfismo (M1), resultado da orogenia Grenvilliana e (3) idades próximas a 540 Ma nas rochas do Gnaisse Bucaramanga, interpretadas provavelmente ao evento termal. As idades U-Pb em zircões sugerem semelhanças com aquelas obtidas no cráton amazônico, sustentando uma correlação e indicando que o Maciço de Santander é composto por rochas formadas durante a colisão entre o leste de Laurentia e a Amazônia, durante a formação de Rodinia.
Abstract: The basement of the Santander Massif represents a Mesoproterozoic inlier, formed by younger rocks associated with the evolution of the Andes Mountains. The basement is formed by the units Bucaramanga Gnaiss, Silgará Schist, Chicamocha Schist, Orthogneiss, Filito San Pedro and others metamorphic low grade units. In the study area, outcrop the basement units Bucaramanga Gnaisse and Silgará Schist; the biotite gneiss is the main lithotype in the Bucaramanga Gneiss, amphibolites and quartzites are observed in a smaller proportion, while the Muscovite schist is the main lithotype in the Silgará Schist. The U-Pb ages observed in detrital zircon grains from two biotite gneisses (VRL-18-1; VRL-20-1), a muscovite gneiss (VRL-21-1) from Bucaramanga Gneisse, and a muscovite schist (VRL- 21–3) of the Silgará Schist, produced the following results: (1) Mesoproterozoic ages around 1000-1200 Ma interpreted as maximum deposition ages (2) ages around 861-1051 Ma probably associated with the first metamorphic event ( M1), result of the Grenvillian orogeny and (3) ages close to 540 Ma in the rocks of the Bucaramanga Gneiss, probably interpreted as a thermal event. The U-Pb ages in zircons suggest similarities with those obtained in the Amazonian craton, supporting a correlation and indicating that the Santander Massif is composed of rocks formed during the collision between eastern Laurentia and Amazonia craton, during the formation of Rodinia.
Palavras-chave: Gnaisse Bucaramanga
Xisto Silgará
Zircão detritico
Andes Colombianos
Rochas metamórficas – Santander, Maciço de (Colômbia)
Geocronologia – Santander, Maciço de (Colômbia)
Gnaisse – Santander, Maciço de (Colômbia)
Xistos – Santander, Maciço de (Colômbia)
Andes, Cordilheira dos, Região
Bucaramanga Gneiss
Silgará Schist
Zircon Detritic
Colombian Andes
Área(s) do CNPq: CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS::GEOLOGIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Sigla da instituição: UERJ
Departamento: Centro de Tecnologia e Ciências::Faculdade de Geologia
Programa: Programa de Pós-Graduação em Geociências
Citação: REY LEÓN, Vanessa. Idades U-Pb em zircões detriticos das rochas metamórficas aflorantes na faixa oeste no Maciço de Santander, Andes Colombianos. 2021. 72 f. Dissertação (Mestrado em Geociências) – Faculdade de Geologia, Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2021
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.bdtd.uerj.br/handle/1/17158
Data de defesa: 9-Set-2021
Aparece nas coleções:Mestrado em Geociências

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Vanessa Rey León - 2021 - Completa.pdf4,33 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.