Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.bdtd.uerj.br/handle/1/18096
Tipo do documento: Dissertação
Título: Narrativas e disputa de sentidos na mídia televisiva contemporânea: quem foi a Marielle Franco dos telejornais?
Título(s) alternativo(s): Narratives and dispute of meanings in contemporary television: who was Marielle Franco in newscasts?
Autor: Seabra, Lise Chiara Allam 
Primeiro orientador: Kischinhevsky, Marcelo
Primeiro membro da banca: Becker, Beatriz
Segundo membro da banca: Mendes, Larissa de Morais Ribeiro
Resumo: Considerando as transformações do ambiente midiático e a radicalização política de parte da sociedade brasileira na atualidade, esta dissertação se propõe a refletir sobre o lugar do telejornalismo nesse contexto, admitindo tratar-se de uma importante fonte de conhecimento do cotidiano. O assassinato da vereadora e socióloga Marielle Franco, no Rio de Janeiro, representou um marco na história política recente do Brasil e alcançou grande repercussão popular, manifestada nas ruas e nas redes sociais. Sendo assim, a pesquisa objetiva identificar as estratégias enunciativas de produção de sentidos adotadas por telejornais das duas emissoras de maior audiência no país em torno do crime e da trajetória da parlamentar. O mundo é representado na TV por meio da linguagem audiovisual que, por sua vez, alimenta o imaginário coletivo em torno de fatos, objetos e pessoas. Por isso, a metodologia adotada é composta pela Análise Televisual, que proporciona uma leitura crítica da narrativa dos produtos audiovisuais, e por entrevistas em profundidade com jornalistas envolvidos na cobertura do assassinato. O corpus da pesquisa está centrado no Jornal Nacional, da Rede Globo de Televisão, e no Jornal da Record, da Record TV, sendo ao todo 42 edições do mês de março de 2018 e março de 2019, somando mais de 35 horas de notícias. Torna-se necessário levar em conta as linhas editoriais orientadas por grupos com interesses políticos distintos, embora mantenedores do discurso hegemônico da elite socioeconômica. O percurso teórico desta dissertação busca abranger as noções de texto audiovisual, estrutura narrativa e construção de sentidos; discute ainda os conceitos relacionados ao telejornalismo como mediação cultural, critérios de noticiabilidade, imaginário social, representação e interação; além de explicitar a rotina na televisão para a produção da notícia. O cruzamento dos resultados da análise dos telejornais com a interpretação dos depoimentos dos jornalistas evidencia distinções nas narrativas, que traçaram diferentes perfis de Marielle Franco, atendendo a interesses políticos e econômicos. O modo como os noticiários narraram o assassinato e representaram a vítima revela uma disputa de sentidos e o posicionamento de cada emissora no cenário de polarização política da sociedade brasileira. A valorização da cobertura relacionada a uma representante de minorias sociais e a visibilidade dada ao preto e à mulher devem ser considerados, mas surgem como um discurso negociado. Cada telejornal adotou os princípios e concepções de sua respectiva audiência, garantindo os vínculos com seu público. Contudo, ambas as narrativas evitaram focar na possibilidade de mudanças na estratificação social a partir da história de vida de Marielle, mantendo assim o status quo.
Abstract: Considering the transformations of the media environment and the political radicalization of Brazilian society nowadays, this dissertation proposes to reflect on the place of television news in this context, admitting that it is an important source of everyday knowledge. The murder of city councilor and sociologist Marielle Franco, in Rio de Janeiro, represented a milestone in Brazil's recent political history and achieved great popular repercussions, manifested in the streets and on social networks. Thus, the research aims to identify the enunciative strategies for the production of meanings adopted by news programs on the two broadcasters with the highest audience in the country around crime and the trajectory of the parliamentarian. The world is represented on TV through audiovisual language, which, in turn, feeds the collective imagination around facts, objects and people. For this reason, the methodology adopted is composed of Televisual Analysis, which provides a critical reading of the narrative of audiovisual products, and in-depth interviews with journalists involved in covering the murder. The research corpus is centered on Jornal Nacional, from Rede Globo de Televisão, and Jornal da Record, on Record TV, with a total of 42 editions from March 2018 to March 2019, totaling more than 35 hours of news. It is necessary to take into account the editorial lines oriented by groups with different political interests, although they maintain the hegemonic discourse of the socioeconomic elite. The theoretical course of this dissertation seeks to cover the notions of audiovisual text, narrative structure and construction of meanings; it also discusses the concepts related to television news such as cultural mediation, news criteria, social imagery, representation and interaction; in addition to explaining the routine on television for news production. The crossing of the results of the analysis of the newscasts with the interpretation of the statements of the journalists shows distinctions in the narratives, which traced different profiles of Marielle Franco, attending to political and economic interests. The way the news reports narrate the murder and represent the victim reveals a dispute of meanings and the position of each broadcaster in the scenario of political polarization of Brazilian society. The appreciation of coverage related to a representative of social minorities and the visibility given to blacks and women must be considered, but they appear as a negotiated discourse. Each news program adopted the principles and concepts of its respective audience, guaranteeing the links. However, both narratives avoid focusing on the possibility of changes in social stratification from Marielle's life story, thus maintaining the status quo.
Palavras-chave: Telejornalismo – Aspectos sociais
Jornais brasileiros
Franco, Marielle, 1979-2018
Narrativa
Produção de Sentidos
Marielle Franco
Telejournalism
Narrative
Production of Senses
Área(s) do CNPq: CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO::RADIO E TELEVISAO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Sigla da instituição: UERJ
Departamento: Centro de Educação e Humanidades::Faculdade de Comunicação Social
Programa: Programa de Pós-Graduação em Comunicação
Citação: SEABRA, Lise Chiara Allam. Narrativas e disputa de sentidos na mídia televisiva contemporânea: quem foi a Marielle Franco dos telejornais? 2021. 158 f. Dissertação (Mestrado em Comunicação) - Faculdade de Comunicação Social, Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2021.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://www.bdtd.uerj.br/handle/1/18096
Data de defesa: 1-Mar-2021
Aparece nas coleções:Mestrado em Comunicação

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Lise Chiara Allam Seabra - 2021 - Completa.pdf2,88 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons