Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.bdtd.uerj.br/handle/1/18126
Tipo do documento: Dissertação
Título: Utilização e Qualidade da Atenção Primária à Saúde: Pesquisa Nacional de Saúde 2019
Título(s) alternativo(s): Use and Quality of Primary Health Care: Brazilian National Health Survey 2019
Autor: Silva, Carolina Teixeira 
Primeiro orientador: Lopes, Claudia de Souza
Primeiro membro da banca: Levcovitz, Eduardo
Segundo membro da banca: Travassos, Claudia Maria de Rezende
Resumo: Introdução: Um SUS universal, equânime e abrangente depende de uma Atenção Primária à Saúde (APS) bem estruturada e que ofereça um atendimento de qualidade, sendo necessária a avaliação contínua dos serviços prestados. Objetivos: Analisar a utilização e avaliar os atributos da APS no Brasil na ótica dos usuários. Métodos: Foram investigadas questões a respeito da utilização da APS e o módulo da Pesquisa Nacional de Saúde (PNS) 2019 que utilizou o instrumento Primary Care Assessment Tool (PCATool-Brasil) em versão reduzida para usuários. Foram identificados os escores dos atributos essenciais e derivados da APS. Resultados: Dentre as pessoas que procuraram a UBS nas duas semanas prévias a pesquisa, 5,1% não o conseguiram na primeira vez que tentaram e o principal motivo foi por falta de vaga ou senha (38,8%). Os atributos que obtiveram escores acima do critério de corte (>=6,6) foram: primeiro contato - utilização (7,0), longitudinalidade (6,6) e coordenação - cuidado (6,8). Os atributos com pior avaliação foram: primeiro contato - acessibilidade (4,5), coordenação - sistemas de informação (5,6), integralidade-serviços disponíveis (5,3), integralidade - serviços prestados (6,4), orientação familiar (4,9) e orientação comunitária (4,2). Quanto a avaliação dos atributos estratificados por faixa etária e quanto à presença de morbidade (doenças cardiovasculares, asma, diabetes e depressão), foi encontrada diferença significativa para diversos atributos, sendo apresentado um escore maior dentre a população mais velha e pelas pessoas que convivem com pelo menos uma das morbidades investigadas. Conclusão: Destaca-se que usuários da APS avaliam de forma insatisfatória atributos fundamentais para a construção de um sistema de saúde orientado a APS. Tais resultados contribuem para incentivar ações que promovam melhorias, principalmente, nos atributos piores avaliados, sendo estes: primeiro contato - acessibilidade, coordenação – sistemas de informação, integralidade – serviços disponíveis, orientação familiar e comunitária. O fato de pessoas mais velhas e que convivem com alguma morbidade avaliarem melhor a APS propõe que os serviços estão avançando para o caminho correto de priorizar usuários com maior vulnerabilidade.
Abstract: Introduction: A universal, equitable and comprehensive SUS depends on a well-structured Primary Health Care (PHC) that offers quality care, requiring continuous evaluation of the services provided. Objective: Analyze the use and evaluate the attributes of PHC in Brazil from the perspective of users. Methods: Questions about the use of PHC and the module of the National Health Survey (NHS) 2019 were investigated, which used the Primary Care Assessment Tool (PCATool-Brazil) in a reduced version for users. The scores of essential and derived attributes of PHC were identified. Results: Among the people who sought the Basic Health Unit (BHU) in the two weeks prior to the survey, 5.1% no got it in the first time they tried and the main reason (38.8%) was due to lack of vacancy or password. The best-evaluated attributes (>=6.6) were: first contact - use (7.0), longitudinality (6.6) and Coordination - care (6.8). On the other hand, the worst evaluated were: First Contact - Access (4.5), Coordination - Information System (5.6), comprehensiveness - available services (5.3), comprehensiveness-services provided (6.4), family orientation (4.9) e community orientation (4.2). Regarding the evaluation of attributes stratified by age group and regarding the presence of morbidity (cardiovascular diseases, asthma, diabetes and depression), a significant difference was found for several attributes, with a higher score among the older population and people living with at least one of the investigated morbidities. Conclusion: It is noteworthy that PHC users unsatisfactorily assess fundamental attributes for the construction of health system oriented by PHC. Such results contribute to encouraging actions that promote improvements, especially in the worst evaluated attributes: First Contact – Access, Coordination - Information System (5.6), comprehensiveness - available services, family and community orientation. The fact that older people who live with some morbidity rate better PHC suggests that services are moving towards the correct path of prioritizing users with more vulnerability.
Palavras-chave: Brasil
Atenção primária à saúde
Pesquisa nacional de saúde
PCATool
Brazil
Primary health care
Brazilian national health system
PCATool
Área(s) do CNPq: CIENCIAS DA SAUDE::SAUDE COLETIVA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Sigla da instituição: UERJ
Departamento: Centro Biomédico::Instituto de Medicina Social Hesio Cordeiro
Programa: Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva
Citação: SILVA, Carolina Teixeira. Utilização e Qualidade da Atenção Primária à Saúde: Pesquisa Nacional de Saúde 2019. 2022. 54 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva) - Instituto de Medicina Social Hesio Cordeiro, Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2022.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.bdtd.uerj.br/handle/1/18126
Data de defesa: 11-Mar-2022
Aparece nas coleções:Mestrado em Saúde Coletiva

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Carolina Teixeira Silva - 2022 - Completa.pdf1,19 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.