Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.bdtd.uerj.br/handle/1/18192
Tipo do documento: Tese
Título: A economia política da estratégia industrial no Leste Asiático: relações Estado-Empresariado, desenvolvimento e emparelhamento tecnológico nos casos de Taiwan, Coreia do Sul e China
Título(s) alternativo(s): The political economy of industrial strategy in East Asia: state- business relations, development and technological catching-up in the cases of Taiwan, South Korea and China
Autor: Moura, Rafael Shoenmann de 
Primeiro orientador: Boschi, Renato Raul
Primeiro coorientador: Paula, Luiz Fernando Rodrigues de
Primeiro membro da banca: Santos, Fabiano Guilherme Mendes
Segundo membro da banca: Jabbour, Elias Marco Khalil
Terceiro membro da banca: Castro, Ana Célia
Quarto membro da banca: Correa, Alexandre Palhano
Resumo: O presente trabalho tem, por objetivo primário, analisar quais as dinâmicas de interlocução entre os atores políticos, o desenho institucional dos regimes produtivos e “policies”, bem como os fatores geopolíticos que permitiram a Taiwan, Coreia do Sul e principalmente China ascenderem economicamente, logrando as respectivas transformações estruturais. Como objetivo secundário, esmiuçarei também as semelhanças e diferenças entre os três casos nacionais. Este estudo, por conseguinte, será construído a partir de uma metodologia qualitativa, descritiva e comparativa. De igual forma, se dará mediante um arcabouço teórico-analítico de cunho desenvolvimentista, amalgamando as dimensões: de um projeto deliberado ou estratégia tendo a nação por epicentro; uma intervenção consciente do Estado para viabilizar tal empreitada; e a industrialização enquanto conduíte inexorável ao progresso técnico e tecnológico. As literaturas constitutivas desse arcabouço seriam: a dos mercantilistas ou “desenvolvimentistas pré-disciplina”; a da Economia do Desenvolvimento do Pós-Guerra; a do Estruturalismo Cepalino; e, enfim, a do Estado Desenvolvimentista do Leste Asiático (EDLA), emergente nos anos 1980. Já os recortes temporais dos distintos casos, grosso modo, compreenderão seus ciclos de alto crescimento e catching-up, saindo de paradigmas de predominância agrária para outro, de modernas potências industriais.
Abstract: The main objective of this paper is to analyze the dynamics of interlocution between political actors, the institutional design of the productive regimes and “policies”, as well as the geopolitical factors that allowed Taiwan, South Korea and especially China to rise economically, achieving their respective structural transformations. As our secondary objective, I will also examine the similarities and differences between the three national cases. This study, therefore, will be built employing a qualitative, descriptive and comparative methodology. Likewise, it will take place through a theoretical-analytical framework of developmentalist nature, amalgamating the dimensions: of a deliberate project or strategy in which the nation is as its epicenter; a conscious State intervention to make such effort feasible; and industrialization as an inexorable conduit to technical and technological progress. The constitutive literature of this framework covers: that of mercantilists or “pre-discipline developmentalists”; that of the Development Economics of the post-war period; ECLAC’s Structuralism; and, finally, that of the East Asian Developmental State (EADS), which emerged in the 1980s. The time frames of the different cases, roughly speaking, will comprise their cycles of high growth and catching-up, departing from paradigms of agrarian predominance to another of modern industrial powers.
Palavras-chave: China
Coreia do Sul
Taiwan
Estado desenvolvimentista
Desenvolvimentismo
Leste Asiático
Economia política
Instituições
Geopolítica
South Korea
Developmental state
Developmentalism
East Asia
Political economy
Institutions
Geopolitics
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::CIENCIA POLITICA::ESTADO E GOVERNO::ESTRUTURA E TRANSFORMACAO DO ESTADO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Sigla da instituição: UERJ
Departamento: Centro de Ciências Sociais::Instituto de Estudos Sociais e Políticos
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciência Política
Citação: MOURA, Rafael Shoenmann de. A economia política da estratégia industrial no Leste Asiático: relações Estado-Empresariado, desenvolvimento e emparelhamento tecnológico nos casos de Taiwan, Coreia do Sul e China. 2021. 383 f. Tese (Doutorado em Ciência Política) – Instituto de Estudos Sociais e Políticos, Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2021.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.bdtd.uerj.br/handle/1/18192
Data de defesa: 25-Fev-2021
Aparece nas coleções:Doutorado em Ciência Política

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Tese - Rafael Shoenmann de Moura - 2021 - Completa.pdf3,02 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.