Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.bdtd.uerj.br/handle/1/18466
Tipo do documento: Tese
Título: Antônio da Fonseca Soares e Gregório de Matos: uma análise transatlântica
Título(s) alternativo(s): Antônio da Fonseca Soares and Gregório de Matos: a transatlantic analysis
Autor: Silva, Giovani Roberto Gomes da 
Primeiro orientador: Oliveira, Ana Lucia Machado de
Primeiro membro da banca: Silva, Amós Coelho da
Segundo membro da banca: Oliveira, Leonardo Davino de
Terceiro membro da banca: Freitas, Tatiana Maria Gandelman de
Quarto membro da banca: Freitas, Eduardo da Silva de
Resumo: A proposta de leitura dos poemas atribuídos a Gregório de Matos e Guerra em confronto com um conjunto de poemas de Antônio da Fonseca Soares, autores que estudavam os preceptistas do século XVII, procurando superar a maestria de autoridades como Góngora e Quevedo, se apresenta como estudo de caso propício para a análise das similaridades e diferenças entre a criação poética na metrópole Portugal e de sua principal colônia, bem como dos variados usos de ferramentas retórico-poéticas e tipológicas que se adaptassem ao meio em que foram produzidas. A partir do desdobramento dos lugares comuns mais utilizados e dos retratos dos tipos coloniais e metropolitanos abordados em ambos os textos, fica nítido que a poesia atribuída a Gregório de Matos tem como característica marcante o reflexo textual das relações de poder coloniais, e a de Antônio da Fonseca carrega uma forte preocupação com a própria estrutura do poema. O resultado da leitura dos dois conjuntos de textos revela que a hierarquia entre os caracteres criados para as encenações é a espinha dorsal que regula os usos das ferramentas retórico-poéticas, e que a pesada mão da hierarquia social é representada de maneiras diferentes nos dois conjuntos de textos: na colônia ela é onipresente e cruel, ainda que apresente possibilidades de redenção, e na metrópole ela é subentendida, mas irredutível quando consultada.
Abstract: The proposed reading of the poems attributed to Gregório de Matos and Guerra in confrontation with a set of poems by Antônio da Fonseca Soares, authors who studied the preceptors of the 17th century, seeking to surpass the mastery of authorities such as Góngora and Quevedo, presents itself as a propitious case study for the analysis of the similarities and differences between the poetic creation in metropolitan Portugal and its main colony, as well as the varied uses of rhetorical-poetic and typological tools that adapted to the environment in which they were produced. From the unfolding of the most commonly used topoi and the portraits of colonial and metropolitan stamps addressed in both texts, it is clear that the poetry attributed to Gregório de Matos has as a remarkable characteristic the textual reflection of colonial power relations, and that of Antônio da Fonseca carries a strong concern with the very structure of the poem. The result of the reading of the two sets of texts reveals that the hierarchy among the characters created for the enactments is the backbone that regulates the uses of rhetorical-poetic tools, and that the heavy hand of social hierarchy is represented in different ways in the two sets of texts: in the colony it is omnipresent and cruel, even though it presents possibilities for redemption, and in the metropolis it is implied, but irreducible when consulted.
Palavras-chave: Barroco
Retórica
Poética
Sátira
Antônio da Fonseca Soares
Gregório de Matos
Matos, Gregório de, 1633?–1696 - Crítica e interpretação
Antonio das Chagas, Frei, 1631-1682 – Crítica e interpretação
Literatura comparada – Brasileira e portuguesa
Literatura comparada – Portuguesa e brasileira
Literatura barroca
Poesia – Séc. XVII
Baroque
Rhetoric
Poetics
Satire
Área(s) do CNPq: LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS::LITERATURA BRASILEIRA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Sigla da instituição: UERJ
Departamento: Centro de Educação e Humanidades::Instituto de Letras
Programa: Programa de Pós-Graduação em Letras
Citação: SILVA, Giovani Roberto Gomes da. Antônio da Fonseca Soares e Gregório de Matos: uma análise transatlântica. 2022. 130 f. Tese (Doutorado em Letras) – Instituto de Letras, Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2022.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.bdtd.uerj.br/handle/1/18466
Data de defesa: 21-Jul-2022
Aparece nas coleções:Doutorado em Letras

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Tese - Giovani Roberto Gomes da Silva - 2022 - Completo.pdf1,06 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.