Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.bdtd.uerj.br/handle/1/19844
Tipo do documento: Dissertação
Título: O fascínio da imagem: o olhar e as redes sociais
Título(s) alternativo(s): The fascination of the image: the look and the social media
Autor: Mattos, Alice Vargas Vieira 
Primeiro orientador: Brunhari, Marcos Vinicius
Primeiro membro da banca: Seixas, Cristiane Marques
Segundo membro da banca: Castro, Julio Cesar Lemes de
Resumo: A presente dissertação pretende explorar a dimensão do fascínio da imagem nas redes sociais e propor um questionamento a respeito do olhar e da performance do eu em cena, considerando as redes sociais em um contexto marcado pelo neoliberalismo. Nesse viés, uma das questões postas diz respeito à indagação sobre o que a rede social convoca no sujeito? Assim, a rede social Instagram figura como palco para essa pesquisa enquanto emblemática de um modelo de negócio que fomenta o Discurso Capitalista e como registro contemporâneo da imagem, seu fluxo e imperativo de exposição, o que a transforma em um dispositivo estratégico. Essa plataforma algorítmica se configura como um “lugar de olhar” para o fenômeno das imagens de si e da performatividade do eu, tendo o capitalismo a seu serviço e, também, como pano de fundo. Primeiramente, busca-se contextualizar a temática da pulsão e do olhar, assim como ilustra-se a partir de fragmentos de casos de Freud acerca do fascínio nisso implicado. Em seguida, elabora-se a respeito dos temas corpo e dimensão imaginária na constituição do eu para, só então, avançar na discussão sobre o funcionamento das plataformas digitais e sua relação com a lógica algorítmica, que busca precisar o que seria o desejo do consumidor, em uma operação que sempre deixa um resto. Também pretende-se examinar como o capitalismo se serve dos componentes pulsionais para fins mercadológicos. Por fim, compreendendo a visibilidade como estrutural e estruturante, examina-se o alargamento do âmbito tecnológico e midiático, cuja marca do imperativo da visibilidade é cada vez mais ampliada e explorada. O fascínio evidenciado pelo ávido dispêndio de atenção frente às telas dos smartphones e das postagens que se desenrolam no fluxo imagético das plataformas digitais foram desmembrados e, a partir disso, impasses foram problematizados de modo a considerar os registros lacanianos: com o imaginário, interroga-se a respeito do eu e da imagem; com o real, a pulsão e o âmbito do olhar; e, por fim, com o simbólico, a matematização envolvida na algoritmização das plataformas.
Abstract: The present dissertation intends to explore the dimension of the fascination of the image in social media and propose a questioning about the look and performance of the self on stage, considering social media in a context marked by neoliberalism. In this bias, one of the questions posed concerns the inquiry about what the social media summons in the subject? Thus, the social media Instagram appears as a stage for this research as emblematic of a business model that fosters the Capitalist Discourse and as a contemporary record of the image, its flow and exposure imperative, which transforms it into a strategic device. This algorithmic platform is configured as a “place to look” at the phenomenon of self-images and the performativity of the self, with capitalism at its service and also as a backdrop. First, it seeks to contextualize the theme of the drive and the look, as well as illustrating it from fragments of Freud's cases about the fascination involved in this. It then elaborates on the themes of the body and the imaginary dimension in the constitution of the self to, only then, advance in the discussion on the functioning of digital platforms and their relationship with algorithmic logic, which seeks to specify what would be the consumer's desire, in an operation that always leaves a remainder. It is also intended to examine how capitalism makes use of drive components for marketing purposes. Finally, understanding visibility as structural and structuring, the expansion of the technological and media scope is examined, whose brand of the imperative of visibility is increasingly expanded and explored. The fascination evidenced by the avid expenditure of attention in front of smartphone screens and the posts that unfold in the imagery flow of digital platforms were dismembered and, from this, impasses were problematized in order to consider the Lacanian registers: with the imaginary, interrogating if about the self and the image; with the real, the drive and scope of the look; and, finally, with the symbolic, the mathematization involved in the algorithmization of platforms.
Palavras-chave: Plataformas digitais
Visibilidade
Pulsão
Psicanálise
Cultura
Digital platforms
Visibility
Psychoanalysis
Drive
Culture
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA::TRATAMENTO E PREVENCAO PSICOLOGICA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Sigla da instituição: UERJ
Departamento: Centro de Educação e Humanidades::Instituto de Psicologia
Programa: Programa de Pós-Graduação em Psicanálise
Citação: MATTOS, Alice Vargas Vieira. O fascínio da imagem: o olhar e as redes sociais. 2023. 122 f. Dissertação (Mestrado em Psicanálise) – Instituto de Psicologia, Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2023.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.bdtd.uerj.br/handle/1/19844
Data de defesa: 4-Abr-2023
Aparece nas coleções:Mestrado em Psicanálise

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Alice Vargas Vieira Mattos - 2023 - Completa.pdf1,32 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.