Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.bdtd.uerj.br/handle/1/20178
Tipo do documento: Dissertação
Título: Bullying, ideação suicida, habilidades sociais e clima escolar: fatores de risco e de proteção à saúde mental de adolescentes
Título(s) alternativo(s): Bullying, suicidal ideation, social skills and school climate: risk and protective factors for adolescent mental health
Autor: Moraes, Leticia de 
Primeiro orientador: Leme, Vanessa Barbosa Romera
Primeiro membro da banca: Pereira-Guizzo, Camila de Sousa
Segundo membro da banca: Ferreira, Heloísa Gonçalves
Resumo: As relações interpessoais podem ser caracterizadas no contexto escolar por conflitos, dificuldades de convivência e também comportamentos permeados pela violência, como por exemplo, o bullying. A partir da Teoria Bioecológica do Desenvolvimento Humano, o estudo teve como objetivo geral investigar o impacto das habilidades sociais, do clima escolar e a vitimização no bullying e cyberbullying sobre a ideação suicida de estudantes dos anos finais do Ensino Fundamental, considerando diferenças por sexo. Os objetivos específicos são: (1) Caracterizar as habilidades sociais, o clima escolar, a vitimização por bullying e cyberbullying e a ideação suicida de estudantes, considerando diferenças em relação ao sexo; (2) Investigar associações entre as habilidades sociais, o clima escolar, a vitimização por bullying e cyberbullying e a ideação suicida em adolescentes. Participaram 659 alunos, com idades entre 10 e 18 anos (M= 12,37 anos; DP=1,509) de ambos os sexos que frequentam os Anos Finais do Ensino Fundamental (6º ao 9º ano) de oito escolas públicas situadas numa cidade localizada no Estado do Rio de Janeiro. Os adolescentes responderam aos seguintes instrumentos, com evidencias de validade para amostras brasileiras: (1) Delaware School Climate – Versão Estudante; (2) Inventário de Habilidades Sociais para Adolescentes – Versão breve; (3) Global School-based Student Health Survey (19-20); (4) Questionário com Informações Demográficas. Os resultados das análises comparativas indicaram as adolescentes tiveram menores níveis de habilidades sociais de autocontrole, abordagem afetiva e total das habilidades sociais que os adolescentes. As adolescentes perceberam menos o total do clima escolar, relações professor-aluno, relações entre estudantes, engajamento escolar geral, clareza das expectativas e justiça das regras do que os adolescentes. Em relação à vitimização no bullying e cyberbullying não foram reportadas diferenças significativas entre os sexos. Os resultados das análises de correlação indicaram que houve associação negativa (fraca magnitude) entre as habilidades sociais de assertividade, autocontrole e total e a ideação suicida. O total e as dimensões do clima escolar se associaram negativamente (fraca magnitude) com a ideação suicida. Além disso, o total da vitimização por bullying e cyberbullying e todos os seus fatores bullying verbal, físico, socio-relacional e cyberbullying foram associados de forma positiva (baixa a moderada) com a ideação suicida. Os resultados da regressão logística indicaram que 21,15% (n=123) dos adolescentes informaram ter ideação suicida pelo menos uma vez nos 12 meses anteriores à coleta. Os resultados evidenciaram que a cada um ponto de aumento em habilidades sociais de autocontrole e clima escolar diminui em 6% e 2% as chances de apresentar ideação suicida, respectivamente. Os achados também indicaram que um ponto de aumento em bullying verbal e cyberbullying aumenta em 5% e 9% as chances de apresentar ideação suicida. Além disso, o sexo masculino reportou 44% menos chances de apresentar ideação suicida quando comparado ao sexo feminino. Com os dados da pesquisa será possível propor intervenções com os alunos, seus familiares e com a comunidade escolar, principalmente com foco na promoção de saúde mental do público adolescente.
Abstract: O texto do resumo deve ter a tabulação de parágrafo, na primeira linha, espaçamento simples e não pode conter menos que 150 ou mais que 500 palavras. Não deverá ultrapassar 1 (uma) folha. O resumo deve conter apenas um parágrafo. Espaçamente simples com fonte tamanho 12. Interpersonal relationships can be characterized in the school context by conflicts, coexistence difficulties and also behaviors permeated by violence, such as, for example, bullying. Based on the Bioecological Theory of Human Development, the general objective of the study is to investigate the impact of social skills, school climate and victimization in bullying and cyberbullying on suicidal ideation among students in the final years of Elementary School, considering gender differences. The specific objectives are: (1) To characterize social skills, school climate, victimization by bullying and cyberbullying and suicidal ideation of students, considering differences in relation to sex; (2) To investigate associations between social skills, school climate, victimization by bullying and cyberbullying, and suicidal ideation in adolescents. Participants were 659 students, aged between 10 and 18 years (M= 12.37 years; SD=1.509) of both sexes who attend the Final Years of Elementary Education (6th to 9th grade) from eight public schools located in a city located in the State of Rio de Janeiro. Adolescents responded to the following instruments, with evidence of validity for Brazilian samples: (1) Delaware School Climate - Student Version; (2) Adolescent Social Skills Inventory – Short version; (3) Global School-based Student Health Survey (19-20); (4) Questionnaire with Demographic Information. The results of the comparative analyzes indicated that female adolescents had lower levels of social skills of self-control, affective approach and total social skills than male adolescents. Female adolescents perceived less Overall School Climate, Teacher-student Relations, Student Relations, Overall School Engagement, Clarity of Expectations and Fairness of Rules than male adolescents. Regarding victimization variables in bullying and cyberbullying, no significant differences were reported between genders. The results of the correlation analyzes indicated that there was a negative association (weak magnitude) between the social skills of assertiveness, self-control and total and suicidal ideation. The total and dimensions of school climate are negatively associated (weak magnitude) with suicidal ideation. In addition, total bullying and cyberbullying victimization and all of its verbal, physical, socio-relational, and cyberbullying factors are positively associated (low to moderate) with suicidal ideation. The logistic regression results indicated that 21.15% (n=123) of the adolescents reported having suicidal thoughts at least once in the 12 months prior to data collection. The results showed that each one point of increase in social skills of self-control and school climate decreases by 6% and 2% the chances of presenting suicidal ideation, respectively. The findings also indicated that a point increase in verbal bullying and cyberbullying increases the chances of experiencing suicidal ideation by 5% and 9%. In addition, males reported 44% less chances of having suicidal ideation when compared to females. With the research data it will be possible to propose interventions with the students, their families and with the school community, mainly with a focus on promoting the mental health of the adolescent public.
Palavras-chave: Bullying
Ideação suicida
Adolescência
Saúde mental
Bullying
Suicidal ideation
Adolescence
Mental health
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA::PSICOLOGIA SOCIAL::RELACOES INTERPESSOAIS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Sigla da instituição: UERJ
Departamento: Centro de Educação e Humanidades::Instituto de Psicologia
Programa: Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social
Citação: MORAES, Leticia de. Bullying, ideação suicida, habilidades sociais e clima escolar: fatores de risco e de proteção à saúde mental de adolescentes. 2023. 145 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia Social) - Instituto de Psicologia, Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2023.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.bdtd.uerj.br/handle/1/20178
Data de defesa: 30-Jun-2023
Aparece nas coleções:Mestrado em Psicologia Social

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Leticia de Moraes - 2023 - Completa.pdf1,34 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.