Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.bdtd.uerj.br/handle/1/20262
Tipo do documento: Dissertação
Título: O capital humano: considerações sobre o trabalho clínico em serviços de saúde suplementar à luz da psicanálise
Título(s) alternativo(s): Human capital: on clinical work in supplementary healthcare services informed by psychoanalysis
Autor: Corcos, Juliana 
Primeiro orientador: Vorsatz, Ingrid de Mello
Primeiro membro da banca: Silva, Marcos Eichler de Almeida
Segundo membro da banca: Oliveira, Fabio Malcher Martins de
Resumo: O presente trabalho tem como objetivo discutir, problematizar e verificar quais são os impasses e as dificuldades para a prática clínica de orientação psicanalítica em uma operadora de plano de saúde privada que se orienta pelo lucro e pela produtividade. Como objetivos específicos, destacamos a discussão dos modelos político-econômicos, as políticas de saúde pública e privada; a transformação da saúde em objeto de consumo e sua consolidação enquanto mercadoria; os efeitos observados na assistência psicológica em serviços de saúde suplementar, assim como as implicações do laço social contemporâneo. Investigamos o que uma empresa comercializa quando o objeto é saúde, isto é, um direito de todos os cidadãos instituído na legislação brasileira, bem como a apropriação das diretrizes do Sistema Único de com vistas ao lucro. A metodologia utilizada é o levantamento e a revisão crítica bibliográfica da legislação pertinente ao sistema de saúde brasileiro público e privado, as produções textuais de autores e/ou trabalhadores que problematizam a teoria e prática na área da saúde e psicanalistas e filósofos que têm como objeto de estudo o capitalismo e o neoliberalismo. Como referencial teórico utilizamos a psicanálise (Sigmund Freud, Jacques Lacan e outros autores/comentadores), para refletirmos sobre a clínica. Reconhecemos uma acentuada relação entre os sistemas político-econômicos e a construção da promoção à saúde.A partir das contribuições da psicanálise sustentamos a hipótese de que a saúde, atualmente, também é agenciada como uma mercadoria e os planos de saúde se oferecem enquanto os supostos meios necessários e exclusivos para obtê-la. No âmbito da saúde suplementar, onde o imperativo é o lucro e a produtividade, porém com um slogan de "cuidado integral" apropriado do SUS, constatamos que o tratamento psicológico longitudinal é impossibilitado pelas condições de trabalho proporcionadas aos seus trabalhadores, uma vez que devido às novas formas de contratação, estes também passam a ser descartáveis, sendo constantemente repostos. A imposição do capital é evidente, porém a psicanálise é um recurso para sustentar, refletir e aprofundar o trabalho clínico, pois opera em outra lógica, a do sujeito do inconsciente. Apostamos na promoção de mudanças no cotidiano do serviço a partir de questionamentos diante das imposições e reproduções da rotina, assim como, na vida dos sujeitos que buscam amenizar suas angústias, garantindo a singularidade e a especificidade de cada caso.
Abstract: The current work aims to discuss, problematize and verify the challenges and difficulties concerning the clinical act guided by psychoanalysis in a health insurance company that is oriented by profit and productivity. As for the specific goals, this research looks into the political-economical models (capitalism and neoliberalism), the health policies (both public and private), the notion of health as a product and its establishment as a trade, the effects on psychological assistance provided in supplementary healthcare as well as the implications of contemporary social bonds in this matter. The work seeks to investigate what is actually offered when the main product is healthcare, a right to all citizens according to Brazilian legislation, and its appropriation of the public system (SUS) in order to favored profit. The methodology is based on bibliographical review of the legislation concerning the Brazilian healthcare system, both public and private, papers that problematize theories and practices in healthcare, psychoanalysts and philosophers that focus their work on capitalism and neoliberalism. The main theorical reference is psychoanalysis (Sigmund Freud, Jacques Lacan and others authors/commenters), as a way to reflect on the clinical act in this scenario. Once it is established the relationship between the political-economical systems and healthcare promotion in society it is possible to sustain the hypotheses that health is treated nowadays as a product and health insurance, the way to trade it. In supplementary health the imperative is profit and productivity, under the slogan of “integrative care” – taken over from the public system SUS. Thereby, a long term psychological treatment becomes impossible also by the work conditions presented to the workers that are considered replaceable in many fronts. Thus the capitalism imposition is evident, psychoanalysis is a way to sustain, reflect and deepened the psychological act, as it operates under the logic of the unconscious subject. We believe that promoting changes in managing healthcare on a daily basis by questioning the current functioning of it can change the reality of the system as well as the care offered, in a way to guarantee a personalized and singularized care.
Palavras-chave: Psicanálise
Saúde suplementar
Atuação clínica
Capitalismo
Neoliberalismo
Psychoanalysis
Supplementary healthcare
Clinical act
Capitalism
Neoliberalism
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA::TRATAMENTO E PREVENCAO PSICOLOGICA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Sigla da instituição: UERJ
Departamento: Centro de Educação e Humanidades::Instituto de Psicologia
Programa: Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social
Citação: CORCOS, Juliana. O capital humano: considerações sobre o trabalho clínico em serviços de saúde suplementar à luz da psicanálise. 2023. 107 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia Social) – Instituto de Psicologia, Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2023.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.bdtd.uerj.br/handle/1/20262
Data de defesa: 16-Jun-2023
Aparece nas coleções:Mestrado em Psicologia Social

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Juliana Corcos - 2023 - Completa.pdf869,57 kBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.