Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.bdtd.uerj.br/handle/1/20263
Tipo do documento: Dissertação
Título: Memórias sobre o cuidado como um direito em disputa: encontros e desencontros na efetivação dos direitos das mulheres
Título(s) alternativo(s): Memories about care as a right in dispute: encounters and disagreements in the realization of the rights of pregnant women
Autor: Lourenço, Elaine Maia da Silva Beruthe 
Primeiro orientador: Mendonça, André Luis de Oliveira
Primeiro membro da banca: Santos, Ronaldo Teodoro dos
Segundo membro da banca: Gomes, Maysa Luduvice
Terceiro membro da banca: Kiss, Catalina
Resumo: A escrita falada que se apresenta nesta dissertação é um convite à coalizões efetivas para melhorias no cenário brasileiro da atenção à gestação, parto, nascimento e puerpério a partir da efetivação dos direitos sexuais e reprodutivos das mulheres. A partir de um mergulho na forma que esta escrita se constrói, o fio da meada da construção do objeto deste estudo, os caminhos que a estruturam a partir da experiência vivida e seu conceito como Bondía(2002) aborda, apresento os encontros e desencontros na efetivação dos direitos das mulheres através das experiências cotidianas da prática profissional, costuradas aos significados, desafios e memórias despertadas na interação com mulheres, meninas e a pauta dos direitos. Através de bell hooks reflito sobre modos de experiência na formação que afeta e é afetada para melhor cuidar. A partir de marcos políticos e avanços da políticas públicas do SUS, de atenção ao parto e nascimento, descrevo memórias de vinte e dois anos de prática profissional como enfermeira. Com os dados do inquérito Nascer no Brasil, que revela o cenário obstétrico brasileiro do início do século XXI, trago reflexões sobre umas das maiores pautas a ser enfrentada para a real humanização do parto e nascimento e de todas as práticas de saúde em mulheres: a violência obstétrica. Os direitos sexuais e reprodutivos e sua construção, abrem a conversa em que convido à mesa desta escrita para compor coletivamente, autores para emprestarem-me suas falas-escritas na reflexão interseccional acerca das maternidades de mulheres negras e seus direitos violados historicamente. Considerando que a Rede Cegonha e seu componente Acolhimento podem ser potentes na redução das iniquidades na saúde das gestantes e recém-nascidos, é preciso revisar práticas do cotidiano profissional nos serviços de saúde. Nesse sentido, novos conteúdos para além de protocolares, dependem também de um aprendizado e reflexão sobre direitos e violações desses, para toda rede multiprofissional de cuidado em saúde. Aprendizados a partir de vivências, somados ao conhecimento técnico, são importantes norteadores de políticas dimensionadas para o cuidado humanizado, individualizado e respeitoso.
Abstract: The spoken writing that is presented in this dissertation is an invitation to effective coalitions for improvements in the Brazilian scenario of attention to pregnancy, childbirth, birth and puerperium from the realization of women's sexual and reproductive rights. From a dive into the way this writing is built, the thread of the construction of the object of this study, the paths that structure it from the lived experience and its concept as Bondía (2002) approaches, I present the encounters and disagreements in the realization of women's rights through the daily experiences of professional practice, sewn to the meanings, challenges and memories awakened in the interaction with women, girls and the rights agenda. Through bell hooks I reflect on ways of experience in training that affect and are affected to better care. Based on political landmarks and advances in SUS public policies, in terms of care during labor and birth, I describe memories of twenty-two years of professional practice as a nurse. With the data from the Birth in Brazil survey, which reveals the Brazilian obstetric scenario at the beginning of the 21st century, I bring reflections on one of the greatest guidelines to be faced for the real humanization of childbirth and birth and all health practices in women: the obstetric violence. Sexual and reproductive rights and their construction open the conversation in which I invite to the table of this writing to collectively compose, authors to lend me their written-speech in the intersectional reflection about the maternity of black women and their historically violated rights. Considering that the Stork Network and its Shelter component can be powerful in reducing inequities in the health of pregnant women and newborns, it is necessary to review daily professional practices in health services. In this sense, new content, in addition to protocol, also depends on learning and reflection on rights and violations of these, for the entire multiprofessional network of health care. Learning from experiences, added to technical knowledge, are important guidelines for policies designed for humanized, individualized and respectful care.
Palavras-chave: Saúde da mulher
Cuidados de enfermagem
Serviços de saúde materno-infantil
Humanização da assistência
Gestão em saúde
Gravidez
Enfermagem obstetrícia
SUS
Gestão
Obstetrícia
Maternidade
Interseccionalidade
SUS
Management
Obstetrics
Maternity
Intersectionality
Área(s) do CNPq: CIENCIAS DA SAUDE::SAUDE COLETIVA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Sigla da instituição: UERJ
Departamento: Centro Biomédico::Instituto de Medicina Social Hesio Cordeiro
Programa: Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva
Citação: LOURENÇO, Elaine Maia da Silva Beruthe. Memórias sobre o cuidado como um direito em disputa: encontros e desencontros na efetivação dos direitos das mulheres. 2022. 155 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva) - Instituto de Medicina Social Hesio Cordeiro, Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2022.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.bdtd.uerj.br/handle/1/20263
Data de defesa: 11-Out-2022
Aparece nas coleções:Mestrado em Saúde Coletiva

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Elaine Maia da Silva Beruthe Lourenço - 2022 - Completa.pdf1,15 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.