Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.bdtd.uerj.br/handle/1/20520
Tipo do documento: Dissertação
Título: Práticas institucionais em hospitais psiquiátricos no século XX à luz da literatura de Lima Barreto e Maura Lopes Cançado
Título(s) alternativo(s): Institutional practices in psychiatric hospitals in the 20th century in light of Lima Barreto and Maura Lopes Cançado´s literature
Autor: Neves, Nataly Soares de Araujo 
Primeiro orientador: Vorsatz, Ingrid de Mello
Primeiro membro da banca: Maciel, Marcelo de Abreu
Segundo membro da banca: Uhr, Deborah
Resumo: A presente pesquisa tem como proposta a reflexão e investigação de como o testemunho de dois escritores brasileiros, através de seus diários publicados, escritos durante as suas internações em hospitais psiquiátricos no século XX, podem vir a contribuir para discutir e interrogar as práticas institucionais no campo da psiquiatria. Com o intuito de contextualizar o objeto de estudo deste trabalho, foi apresentado um breve panorama acerca do que seriam as práticas institucionais da psiquiatria e como a loucura foi percebida socialmente durante período histórico que decorre das internações dos autores. O escritor Lima Barreto narra sua internação no ano de 1919 e 1920 no Hospício Nacional de Alienados, enquanto Maura Lopes Cançado descreve o que viveu entre o final do ano de 1959 e início de 1960 durante sua interação no Hospital Gustavo Riedel. A escolha por estas obras da literatura brasileira busca valorizar o testemunho de pessoas que passaram por internações, o que à época os fazia serem marginalizados na sociedade. Ao mesmo tempo em que tratam de questões que dizem respeito à subjetividade de cada um, suas obras retratam as experiências e o cotidiano que não dizem respeito apenas a si mesmos, caracterizando documentos de grande valor para a pesquisa. Como metodologia, a pesquisa qualitativa foi adotada através de uma revisão narrativa da literatura. A pesquisa se justifica pela constante necessidade de problematizar a possível repetição de modelos de tratamento psiquiátrico que desconsideram o sujeito e o submetem a situações de violência. Como resultados obtidos, foram identificadas algumas divergências entre o discurso da psiquiatria e a execução de suas práticas nas instituições hospitalares de caráter manicomial. Demonstrou-se também a riqueza da utilização da literatura testemunhal em pesquisas acadêmicas, como por exemplo, na discussão acerca da psicanálise se inserindo como uma prática clínica nos hospitais psiquiátricos e outras ferramentas terapêuticas, bem como a percepção que os autores/pacientes tinham das práticas durante sua internação.
Abstract: The present research proposes the reflection and investigation of how the testimony of two Brazilian writers, through their published diaries, written during their hospitalizations in psychiatric hospitals in the 20th century, may contribute to the discussion and questioning of institutional practices in the field. of psychiatry. In order to contextualize the object of study of this work, a brief overview of what would be the institutional practices of psychiatry and how madness was socially perceived during the historical period resulting from the authors' hospitalizations was presented. The writer Lima Barreto narrates his hospitalization in 1919 and 1920 at the Hospício Nacional de Alienados, while Maura Lopes Cançado describes what she experienced between the end of 1959 and the beginning of 1960 during her hospitalization at the Hospital Gustavo Riedel. The choice for these works of Brazilian literature seeks to value the testimony of people who went through international, which at the time made them marginalized in society. At the same time that they deal with issues that concern the subjectivity of each one, their works portray experiences and everyday life that do not only concern themselves, characterizing documents of great value for research. As a methodology, qualitative research was applied through a narrative review of the literature. The research is justified by the constant need to problematize the possible repetition of models of psychiatric treatment that disregard the subject and submit him to situations of violence. As results obtained, some divergences were identified between the discourse of psychiatry and the execution of its practices in hospital institutions of asylum nature. It also demonstrated the richness of the use of testimonial literature in academic research, such as, for example, in the discussion about psychoanalysis being inserted as a clinical practice in psychiatric hospitals and other therapeutic tools, as well as the perception that the authors/patients had of the practices during its internationalization.
Palavras-chave: Hospital psiquiátrico
Literatura de testemunho
Práticas institucionais
Psicanálise
Psychiatric hospital
Witness literature
Institutional practices
Psychoanalysis
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA::PSICOLOGIA SOCIAL::PAPEIS E ESTRUTURAS SOCIAIS; INDIVIDUO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Sigla da instituição: UERJ
Departamento: Centro de Educação e Humanidades::Instituto de Psicologia
Programa: Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social
Citação: NEVES, Nataly Soares de Araujo. Práticas institucionais em hospitais psiquiátricos no século XX à luz da literatura de Lima Barreto e Maura Lopes Cançado. 2023. 95 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia Social) – Instituto de Psicologia, Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2023.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.bdtd.uerj.br/handle/1/20520
Data de defesa: 26-Jun-2023
Aparece nas coleções:Mestrado em Psicologia Social

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Nataly Soares de Araujo Neves - 2023 - Completa.pdf762,34 kBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.