Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.bdtd.uerj.br/handle/1/20608
Tipo do documento: Dissertação
Título: Estilo de vida de estudantes universitários no período da pandemia de COVID-19: o desafio para a promoção da saúde
Título(s) alternativo(s): University students' lifestyle during the COVID-19 pandemic: the challenge for health promotion
Autor: Bispo, Letícia de Sousa 
Primeiro orientador: Faria, Magda Guimarães de Araujo
Primeiro membro da banca: David, Helena Maria Scherlowski Leal
Segundo membro da banca: Daher, Donizete Vago
Resumo: Introdução: O estilo de vida é um conceito multidimensional, inclui atividade física, nutrição, relacionamentos sociais, comportamento, satisfação com o trabalho e percepção do mundo. Pode afetar a saúde e ser um fator protetivo. Muitos estudos examinam o estilo de vida dos estudantes universitários e promovem ações para melhorar a qualidade de vida por meio de intervenções. Objetivos: Analisar o estilo de vida dos estudantes universitários período da pandemia de COVID-19: em uma universidade pública situada no município do Rio de Janeiro e como objetivos específicos identificar as relações interpessoais entre estudantes e suas famílias e amigos no período pandêmico de COVID-19, descrever os padrões de comportamentos relacionados a introspecção pessoal, estresse, satisfação do trabalho e práticas sexuais e, analisar as alterações das atividades físicas, sono, alimentação a utilização do álcool e uso de remédios sem prescrição. Metodologia: Trata-se de um estudo transversal, de base populacional, com amostra intencional e quantitativo. Realizado por meio de um questionário on-line validado denominado “estilo devida fantástico”. A coleta de dados se deu entre os meses de maio e dezembro de 2021. A análise da dados foi realizada por meio da estatística descritiva e análise de scores do questionário, ambos realizados com o apoio do software SPSS. Resultados: Entre a população geral, o socre do questionário foi de 61,18 +/- 10,29. Observou-se que 39% dos estudantes possuíam pessoas para dar e receber afeto. Aproximadamente 43% dos estudantes referiu nunca manter-se vigorosamente ativo por pelo menos 30 minutos e 16% também referiram não realizar atividades físicas de média intensidade. Cerca de 25% dos estudantes indicaram que quase nunca ingeriam uma dieta balanceada e, 51% da amostra relatou a ingestão de bebidas com cafeína até duas vezes ao dia. O consumo atual e diário de tabaco está restrito a 8% da amostra. O padrão semanal de consumo de álcool entre estudantes universitários da amostra revelou que 87,7% dos sujeitos ingeriram na pandemia até 7 doses de álcool semanais enquanto 3,2% relataram a ingestão superior a 20 doses. Aproximadamente 55% dos estudantes relatou cansaço mesmo após o sono e, 22% indicaram não saber lidar com o estresse do cotidiano. Sobre a autopercepção do sentimento de raiva e hostilidade, aproximadamente 14% da amostra indicou que esta percepção ocorre quase sempre. Contudo, os estudantes ainda mantinham-se otimistas e com sentimentos positivos no período estudado, cuja prevalência destes sentimentos foi de 42%. Sobre o trabalho, 62% dos estudantes indicaram quase sempre sentirem a sensação de satisfação. Conclusão: Apesar da análise objetiva, uma limitação do estudo é a impossibilidade de comparação entre o período pandêmico e o período pré-pandêmico, devido à coleta de dados exclusiva do fenômeno pandêmico e à falta de equivalência com outros eventos de estudo. Com o retorno das atividades presenciais, a recuperação física e mental se tornou uma questão urgente de saúde pública, dada a incerteza do futuro pós-pandêmico. Políticas públicas e institucionais de promoção da saúde nos campi universitários são necessárias como um investimento público relevante, considerando a responsabilidade social e educacional das universidades públicas na sociedade
Abstract: Introduction: Lifestyle is a multidimensional concept that includes physical activity, nutrition, social relationships, behavior, job satisfaction, and perception of the world. It can affect health and be a protective factor. Many studies examine the lifestyle of university students and promote actions to improve their quality of life through interventions. Objectives: To analyze the lifestyle of university students during the COVID-19 pandemic in a public university located in the municipality of Rio de Janeiro, and to identify the interpersonal relationships between students and their families and friends during the pandemic, describe the patterns of behaviors related to personal introspection, stress, job satisfaction, and sexual practices, and analyze the changes in physical activities, sleep, diet, alcohol consumption, and use of non-prescription drugs. Methodology: This is a cross-sectional, population-based study with an intentional and quantitative sample. It was carried out through a validated online questionnaire called "Fantastic Lifestyle." Data collection took place between May and December 2021. Data analysis was performed using descriptive statistics and questionnaire scores analysis, both carried out with the support of SPSS software. Results: Among the general population, the questionnaire score was 61.18 +/- 10.29. It was observed that 39% of the students had people to give and receive affection. Approximately 43% of the students reported never being vigorously active for at least 30 minutes, and 16% also reported not engaging in moderate-intensity physical activities. About 25% of the students indicated that they almost never consumed a balanced diet, and 51% of the sample reported the consumption of caffeine-containing beverages up to twice a day. Current and daily tobacco consumption was limited to 8% of the sample. The weekly pattern of alcohol consumption among university students in the sample revealed that 87.7% of the subjects consumed up to 7 doses of alcohol weekly during the pandemic, while 3.2% reported consuming more than 20 doses. Approximately 55% of the students reported feeling tired even after sleep, and 22% indicated not knowing how to deal with daily stress. About 14% of the sample indicated that they almost always perceive feelings of anger and hostility. However, the students remained optimistic and with positive feelings during the studied period, with a prevalence of these feelings being 42%. Regarding work, 62% of the students indicated that they almost always feel satisfied. Conclusion: Despite the objective analysis, a limitation of the study is the impossibility of comparison between the pandemic and pre-pandemic periods, due to the exclusive data collection of the pandemic phenomenon and the lack of equivalence with other study events. With the return of face-to-face activities, physical and mental recovery has become an urgent issue of public health, given the uncertainty of the post-pandemic future. Public and institutional health promotion policies on university campuses are necessary as a relevant public investment, considering the social and educational responsibility of public universities in society.
Palavras-chave: Universidades
Estilo de Vida
Estudantes
Saúde do estudante
Promoção da saúde
Universities
Lifestyle
Students
Student Health
Health Promotion
Área(s) do CNPq: CIENCIAS DA SAUDE::ENFERMAGEM::ENFERMAGEM DE SAUDE PUBLICA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Sigla da instituição: UERJ
Departamento: Centro Biomédico::Faculdade de Enfermagem
Programa: Programa de Pós-Graduação em Enfermagem
Citação: BISPO, Letícia de Sousa. Estilo de vida de estudantes universitários no período da pandemia de COVID-19: o desafio para a promoção da saúde. 2023. 97 f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Faculdade de Enfermagem, Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2023
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.bdtd.uerj.br/handle/1/20608
Data de defesa: 31-Mai-2023
Aparece nas coleções:Mestrado em Enfermagem

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Letícia de Sousa Bispo - 2023 - Completa.pdf1,02 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.