Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.bdtd.uerj.br/handle/1/21934
Tipo do documento: Dissertação
Título: Grupo de atendimento com-por pessoas negras: afrofuturismo em ação
Título(s) alternativo(s): COM-POR service group for black people: afrofuturism in action
Autor: Santos, Loíse Lorena do Nascimento 
Primeiro orientador: Tsallis, Alexandra Cleopatre
Primeiro membro da banca: Brito, Monique Araújo de Medeiros
Segundo membro da banca: Silveira, Marília
Resumo: Esta pesquisa tem por objetivo acompanhar os efeitos produzidos nos encontros do dispositivo COM- POR, como prática de cuidado e produção de vida entre pessoas negras como ação afrofuturista. Afrofuturismo, de acordo com Dery (1994) é a expressão artística de ficção científica com protagonismo negro. Com Nátaly Neri (2017), uma das compreensões deste movimento artístico é como uma proposição radical de que pessoas negras existem no futuro. Em 2002, como resultado de muita luta dos movimentos negros denunciando o racismo em diversas áreas do conhecimento, inclusive na saúde, a Psicologia enquanto ciência e profissão passa a ter uma resolução que estabelece normas para atuação das psicólogas e dos psicólogos a respeito do preconceito e da discriminação racial. Entretanto, quando comparamos a data destas resoluções e publicações com o estudo feito por Gouveia e Zanello (2019), percebemos que existe muito ainda a ser feito nesta área a fim de que políticas de cuidado em saúde mental da população negra possam ser ferramentas para nos fazer viver. Sendo assim, convocamos o campo, conceitos, autoras e autores para dialogar sobre como unir pessoas negras no campo da psicologia, na realidade Brasileira, pode produzir uma virada de transformação das histórias únicas contadas sobre psicologia e relações raciais. Encontrando outras possibilidades em que a psicologia deixe de corroborar com o sofrimento para tornar-se produtora de amanhãs para as pessoas negras, contribuindo também com a formação de estudantes de psicologia ética, social e politicamente engajados com a luta antirracista.
Abstract: This research aims to follow the effects produced in the meetings of the COM-POR device, as a practice of care and production of life among black people as an Afrofuturist action. Afrofuturism, according to Dery (1994) is the artistic expression of science fiction with black protagonism. With Nátaly Neri (2017), one of the understandings of this artistic movement is as a radical proposition that black people exist in the future. In 2002, as a result of much struggle by black movements denouncing racism in various areas of knowledge, including health, Psychology as a science and a profession began to have a resolution that establishes norms for the performance of psychologists and psychologists regarding prejudice and of racial discrimination. However, when we compare the date of these resolutions and publications with the study carried out by Gouveia and Zanello (2019), we realize that there is still a lot to be done in this area so that mental health care policies for the black population can be tools for us. make live. Therefore, we convene the field, concepts, authors and authors to dialogue about how uniting black people in the field of psychology, in the Brazilian reality, can produce a turning point of transformation of the unique stories told about psychology and race relations. Finding other possibilities in which psychology ceases to corroborate suffering to become a producer of tomorrows for black people, also contributing to the formation of ethical, socially and politically engaged psychology students with the anti-racist struggle.
Palavras-chave: Afrofuturismo
Ubuntu
População negra
Grupo
COM-POR
Afrofuturism
Ubuntu
Black population
Group
COM-POR
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA::PSICOLOGIA SOCIAL
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Sigla da instituição: UERJ
Departamento: Centro de Educação e Humanidades::Instituto de Psicologia
Programa: Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social
Citação: SANTOS, Loíse Lorena do Nascimento. Grupo de atendimento COM-POR pessoas negras: o afrofuturismo em ação. 2022. 78 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia Social) – Instituto de Psicologia, Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2022.
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: http://www.bdtd.uerj.br/handle/1/21934
Data de defesa: 22-Fev-2022
Aparece nas coleções:Mestrado em Psicologia Social



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.