Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.bdtd.uerj.br/handle/1/21953
Tipo do documento: Dissertação
Título: O sistema partidário brasileiro em meio ao fim das coligações proporcionais
Título(s) alternativo(s): The Brazilian party system amidst the end of proportional electoral alliances
Autor: Carelli, Gabriel Enrique Côrte-Real 
Primeiro orientador: Guarnieri, Fernando
Primeiro membro da banca: Figueiredo, Argelina Maria Cheibub
Segundo membro da banca: Ramos, Lara Mesquita
Resumo: A principal variável explicativa de um sistema partidário é o sistema eleitoral, isto é, o conjunto de regras que define a forma como o eleitor manifesta suas preferências e como seu voto é contabilizado para a escolha de representantes. Na última década, marcada por instabilidade política ao longo de diferentes ciclos eleitorais, foram feitas alterações substantivas ao sistema eleitoral brasileiro, sobretudo com o fim das coligações nas eleições proporcionais, regra eleitoral amplamente associada à fragmentação partidária no país. Consequentemente, espera-se que o sistema partidário passe por profundas transformações. Em particular, objetiva-se (1) estudar estratégias eleitorais adotadas pelos partidos políticos brasileiros para as eleições de 2022 (federais e estaduais) em vista das mudanças nas regras e (2) estudar os efeitos dessas mudanças nos resultados do pleito, tendo-se em vista, sobretudo, para ambos os casos o foco nas eleições proporcionais.
Abstract: The main explanatory variable of a party system is the electoral system, i.e. the set of rules that defines how voters express their preferences and how their votes are counted to select representatives. In the last decade, marked by political instability over different electoral cycles, substantive changes have been made to the Brazilian electoral system, especially with the end of coalitions in proportional elections, an electoral rule widely associated with party fragmentation in the country. As a result, the party system is expected to undergo profound transformations. In particular, the aims of this thesis are (1) to study the electoral strategies adopted by Brazilian political parties for the 2022 elections (federal and state) given the changes in the rules and (2) to study the effects of these changes on the results of the election, with a focus on proportional elections in both cases.
Palavras-chave: sistema-partidário
estratégias de entrada
número efetivo de partidos
sistema eleitoral
party system
electoral system
entries and withdrawals strategies
effective number of parties
Brasil
sistemas partidários
eleições
história
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::CIENCIA POLITICA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Sigla da instituição: UERJ
Departamento: Centro de Ciências Sociais::Instituto de Estudos Sociais e Políticos
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciência Política
Citação: CARELLI, Gabriel Enrique Côrte-Real. O sistema partidário brasileiro em meio ao fim das coligações proporcionais. 2024. 78 f. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) – Instituto de Estados Sociais e Políticos, Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2024.
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: http://www.bdtd.uerj.br/handle/1/21953
Data de defesa: 5-Abr-2024
Aparece nas coleções:Mestrado em Ciência Política



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.