Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.bdtd.uerj.br/handle/1/21997
Tipo do documento: Dissertação
Título: Construção e investigação da validade de conteúdo e estrutura interna do Inventário de Habilidades Comunicativas do Terapeuta – Versão Paciente (IHCT-P)
Título(s) alternativo(s): Construction and investigation of the content validity and internal structure of the Therapist’s Communicative Skills Inventory - Patient Version (IHCT-P)
Autor: Peluso, Marcelo Leonel 
Primeiro orientador: Oliva, Angela Josefina Donato
Primeiro coorientador: Rocha, Luiz Fellipe Dias da
Primeiro membro da banca: Leme, Vanessa Barbosa Romera
Segundo membro da banca: Rocha, Luiz Fellipe Dias da
Resumo: Os objetivos deste estudo são: (1) desenvolver os itens do Inventário de Habilidades Comunicativas do Terapeuta - Versão Paciente (IHCT-P); (2) investigar as evidências de sua Validade de Conteúdo; e (3) investigar as suas propriedades psicométricas, a partir da análise de sua estrutura interna. A construção dos itens foi baseada em uma revisão narrativa da literatura acerca do assunto. A versão preliminar do IHCT-P continha 40 itens, dos quais 17 contemplavam a categoria 1 (Habilidades Verbais); 13, a categoria 2 (Habilidades Não-Verbais); e 10, a categoria 3 (Habilidades Paraverbais). Primeiramente, os itens foram analisados por cinco profissionais com expertise clínica e empírica no tema. Cada item foi avaliado a partir dos critérios de Pertinência Prática, Relevância Teórica e Clareza de Linguagem, em uma escala Likert de 5 pontos. Foi investigado o Coeficiente de Validade de Conteúdo (CVC), utilizando-se o critério CVC>0.8. Os CVC’s dos critérios de Pertinência Prática (CVCPP=0,945), Relevância Teórica (CVCRT=0,930) e Clareza de Linguagem (CVCCL=0,927) foram considerados adequados. Após a exclusão de três itens, modificação de 14 e acréscimo de dois itens, o IHCT-P ficou com 39 itens. Posteriormente, este instrumento passou por uma avaliação do público-alvo, a fim de analisar se os itens estão compreensíveis para os sujeitos de escolaridade baixa. Assim, o IHCT-P foi apresentado a 30 participantes, 15 mulheres (50%), com idades variando entre 19 a 42 anos (M=28,3;DP=6,2), a maioria com escolaridade de ensino superior completo (63,3%). Os itens foram respondidos segundo dois critérios: (a) Linguagem; e (b) Compreensão, a partir de uma escala Likert de 5 pontos. A partir dessas avaliações, foi investigado o CVC, utilizando-se o critério CVC>0.8. Os CVC’s se revelaram apropriados, tanto para os critérios de Clareza de Linguagem (CVCCL=0,980) quanto para os de Compreensão (CVCC=0,981). A validade de conteúdo nestas duas fases teve como resultado a exclusão de dois itens, sendo 16 modificados e dois itens foram acrescentados, totalizando 39 itens. A fim de investigar a estrutura interna do instrumento, o mesmo foi aplicado a uma amostra de 200 sujeitos, majoritariamente mulher (n=145), com idades de 18 a 69 anos (M=30,64; DP=11,19). Na primeira análise fatorial exploratória (AFE), os métodos MAP e PA recomendaram a extração de dois fatores e o método Hull, um fator. Frente ao modelo teórico, optou-se por se utilizar o modelo unidimensional. Contudo, sete itens não demonstraram carga fatorial substancial. Portanto, uma segunda AFE, contendo 32 itens, foi conduzida. A consistência interna do instrumento foi considerada adequada. Apesar de a literatura apontar três fatores para as Habilidades de Comunicação (verbal, não-verbal e paraverbal), no contexto terapêutico, a partir da amostra utilizada, o instrumento se revelou unidimensional. Não foram encontradas correlações (idade) e comparações entre grupos (sexo, escolaridade, diagnóstico e duração de terapia) significativas. Este instrumento pode auxiliar na autoavaliação do terapeuta, em práticas de supervisão e em intervenções. Espera-se que esta dissertação possa contribuir para uma compreensão mais ampla das Habilidades de Comunicação do Terapeuta, destacando o papel que desempenham no contexto terapêutico. Sublinha-se, contudo, que investigações empíricas são necessárias, assim como mais estudos de validação desse instrumento.
Abstract: The objectives of this study are: (1) to develop the items for the Therapist's Communicative Skills Inventory - Patient Version (IHCT-P); (2) to investigate its Content Validity evidence; and (3) to investigate its psychometric properties, based on the analysis of its internal structure. The construction of the items was based on a narrative review of the literature on the subject. The preliminary version of the IHCT-P contained 40 items, of which 17 covered category 1 (Verbal Skills); 13, category 2 (Non-Verbal Skills); 10, Category 3 (Paraverbal Skills). First, the items were analyzed by five professionals with clinical and empirical expertise. Each one was evaluated based on the criteria of Practical Pertinence, Theoretical Relevance and Clarity of Language, rated on a 5-point Likert scale. The Content Validity Coefficient (CVC) was investigated using the criterion CVC>0.8. The CVC's of the Practical Pertinence (CVCPP=0.945), Theoretical Relevance (CVCRT=0.930) and Clarity of Language (CVCCL=0.927) criteria were considered adequate. After deleting three items, modifying 14 and adding two, the IHCT-P had 39 items. Subsequently, this instrument underwent an evaluation of the target audience, in order to analyze whether the items are understandable for subjects with low education. Thus, the IHCT-P was presented to 30 participants, 15 women (50%), aged between 19 and 42 years (M=28,3;SD=6,2), most with higher education (63.3%). The items were answered according to two criteria: (a) Language; and (b) Comprehension, based on a 5-point Likert scale. The CVC was investigated using the criterion CVC>0.8. The CVC's proved to be appropriate for both the Clarity of Language (CVCCL=0.980) and Comprehension (CVCC=0.981) criteria. The content validity in these two phases of the study resulted in the exclusion of two items, 16 were modified and two were added, totalizing 39 items. In the first exploratory factor analysis (EFA), the MAP and PA methods recommended the extraction of two factors and the Hull method, one factor. Facing the theoretical model, it was decided to use the one-dimensional model. However, seven items did not show a substantial factor loading. Therefore, a second EFA, containing 32 items, was conducted. The instrument's internal consistency was considered adequate. Although the literature points out three factors for Communication Skills (verbal, non-verbal and paraverbal), in the therapeutic context, based on the sample used, the instrument proved to be one-dimensional. Significant correlations (age) and comparisons between groups (gender, education, diagnosis and duration of therapy) were not found. This instrument can help in the therapist's self-assessment, in supervision practices and in interventions. It is hoped that this dissertation can contribute to a broader understanding of the Therapist's Communication Skills, highlighting the role they play in the therapeutic context. It is emphasized, however, that empirical investigations are necessary, as well as further validation studies of this instrument.
Palavras-chave: Comunicação interpessoal
Habilidades sociais
Terapeutas
Construção do teste
Validade estatística
Interpersonal communication
Social skills
Therapists
Test construction
Statistical validity
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Sigla da instituição: UERJ
Departamento: Centro de Educação e Humanidades::Instituto de Psicologia
Programa: Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social
Citação: PELUSO, Marcelo Leonel. Construção e investigação da validade de conteúdo e estrutura interna do Inventário de Habilidades Comunicativas do Terapeuta Versão Paciente (IHCT-P). 2023. 116 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia Social) – Instituto de Psicologia, Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2023.
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: http://www.bdtd.uerj.br/handle/1/21997
Data de defesa: 18-Jul-2023
Aparece nas coleções:Mestrado em Psicologia Social



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.