Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.bdtd.uerj.br/handle/1/22229
Tipo do documento: Dissertação
Título: O fazer história, em tempos de pandemia, nas turmas de aceleração do município de Teresópolis
Título(s) alternativo(s): Making history, in pandemic times, in the acceleration classses of Teresópolis municipality
Autor: Sodré, Kelly Cristina Gomes 
Primeiro orientador: Soares, Larissa Costard
Primeiro membro da banca: Cabral, Maria Aparecida da Silva
Segundo membro da banca: Carvalho, Alessandra
Terceiro membro da banca: Galucio, Andrea Lemos Xavier
Resumo: Este trabalho é fruto das minhas inquietações enquanto professora de História das turmas de aceleração do município de Teresópolis (RJ). A presente pesquisa busca repensar o currículo de História a partir de uma perspectiva decolonial, levando em consideração as subjetividades e potencialidades dos alunos. Entende-se que são eles quem devem assumir um papel de protagonismo no fazer histórico escolar, percebendo-se como sujeitos históricos e sujeitos de suas trajetórias. Para isso, os estudantes da turma de aceleração, a partir da concepção de escrevivência de Conceição Evaristo, produziram um ebook com relatos acerca de suas vivências durante a pandemia, sendo este muito mais do que o produto final desta dissertação. Considero esse trabalho conjunto uma ferramenta de emancipação dos estudantes da turma de aceleração, por meio do qual os alunos puderam trazer suas histórias (de escopo coletivo e não somente individual). Como resultado, a representação deste grupo perante a si e perante a toda a comunidade escolar em que estão envolvidos pôde ser reconstruída para além dos moldes tradicionais.
Abstract: This dissertation is the result of my concerns as a history teacher in acceleration classes in the municipality of Teresópolis (RJ). The paper seeks to rethink the history curriculum from a decolonial perspective, taking into consideration the subjectivities and potential of the students. In this vein, it is understood that they are the ones who must assume a leading role in making school history, in seeing themselves as historical agents and subjects of their stories. To this end, students in the acceleration class, based on the concept of escrevivência from Conceição Evaristo, produced an ebook with reports about their experiences during the pandemic as the final product of this dissertation. Furthermore, this ebook also constitutes a tool of emancipation for the students of the acceleration class, by which the student body was able to bring their histories to light (of a collective and not simply individual scope). As a result, the representation of this group towards themselves e in regards to the entire school community in which they are encompassed managed to be rebuilt beyond the traditional models.
Palavras-chave: ensino de história
Educação de Jovens e Adultos (EJA)
escola
currículo e ensino de história
aprendizagem histórica
currículo
escrevivência
Youth and Adult Education (EJA)
school
curriculum and history teaching
historical learning
curriculum
escrevivência
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Sigla da instituição: UERJ
Departamento: Centro de Educação e Humanidades::Faculdade de Formação de Professores
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ensino de História (PROFHISTORIA)
Citação: SODRÉ, Kelly Cristina Gomes. O fazer história, em tempos de pandemia, nas turmas de aceleração do município de Teresópolis. 2023. 123 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Rede Nacional PROFHISTÓRIA) – Faculdade de Formação de Professores, Universidade do Estado do Rio de Janeiro, São Gonçalo, 2023.
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: http://www.bdtd.uerj.br/handle/1/22229
Data de defesa: 19-Dez-2023
Aparece nas coleções:Mestrado Profissional em Ensino de História (PROFHISTORIA)



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.